O Instituto Confúcio no 3º Dia de Salão Ufrgs 2015

O Instituto Confúcio no 3º Dia de Salão Ufrgs 2015

Na quarta-feira, 21, o Instituto Confúcio desenvolveu novamente diferentes atividades culturais ao longo do dia, como parte de sua programação no Salão Ufrgs 2015.

Pela manhã, foi montada uma exposição fotográfica no estande do Instituto Confúcio no Campus do Vale, trazendo retratos de várias paisagens e também de cenas do cotidiano chinês.

Através das fotos, o público pode conhecer um pouco mais da cultura histórica e da pluralidade de cenários naturais que a China possui, e também o respeito e a harmonia que os chineses pregam entre homem e natureza.

A exposição fotográfica ficou aberta ao público ao longo do dia inteiro.

 

À tarde, o Instituto Confúcio ministrou dois Minicursos sobre a China, abordando diferentes aspectos da cultura e da história deste país.

O 1º Minicurso, “Um Toque de China: Elementos Básicos da Língua e da Cultura Chinesa”, trouxe aos participantes uma aproximação inicial com a cultura e com o idioma chinês, revelando também como a escrita e o idioma são partes fundamentais da construção da identidade dos chineses.

O 2º Minicurso ministrado, “Tópicos Sobre a Formação da China Moderna: Das Guerras do Ópio aos Dias Atuais”, apresentou uma abordagem diferente do primeiro, tratando de aspectos históricos e políticos que influenciam diretamente na situação atual da China no cenário político internacional.

As duas Guerras do Ópio, travadas entre China e Inglaterra, em meados do século XIX, foram muito desgastantes para o país oriental, e contribuíram de maneira decisiva para o fim do período imperial chinês. A partir do início do século XX, a China passou por ainda mais transformações políticas, com a proclamação da República da China em 1912, a proclamação da República Popular da China de Mao, em 1949, e com a abertura e as reformas políticas que o país sofreu a partir do final da década de 1970.